Seguidores de Jake e Mary

domingo, 13 de outubro de 2013

Capítulo 19 - O Plano

O Plano, Jake e Mary, http://jakeemary.blogspot.com/, Cris Henriques
Image courtesy of Photokanok / FreeDigitalPhotos.net


Capítulo 19


O Plano



Entrámos no jardim da casa de Mary e toquei à campainha. O mordomo abriu-nos a porta. Após apresentarmo-nos e de anunciarmos ao que vinha-mos, o mordomo encaminhou-nos para a sala, disse-nos para sentarmo-nos e pediu-nos para esperar. Ele ia chamar Hannah e Joshua Levy, os patrões, ─ ou seja os pais de Mary. Nós assim o fizemos, sentamo-nos no sofá e esperamos em silêncio. Andy, olhou-me e percebendo o meu nervosismo, disse num murmúrio:

─ Tem calma, filho. Vai tudo correr bem.

Acenei a cabeça positivamente e a minha Mãe apertou-me a mão, tentando tranquilizar-me. Alguns segundos depois, Mary entrou na sala e avançou na minha direcção. Estava linda naquele vestido branco, que lhe assentava maravilhosamente. Sentia-me deslumbrado e embevecido de amor, parecia uma noiva.

─ Vieste! ─ Exclamou feliz e excitada, abraçando-me.

─ Sim, eu disse-te que vinha!

Ela pediu-me desculpa pelo que havia acontecido na praia e disse-me que depois me explicaria tudo, a seguir apresentei-a à minha Mãe. Ambas estavam ansiosas por se conhecerem, finalmente. Percebi pelo modo como a minha Mãe abraçou Mary, que tinha ficado encantada com ela. Quanto ao Andy, apresentei-o como meu pai. Os dois abraçaram-se e eu gostei de ver que, a minha família aceitava e amava a mulher que o meu coração escolhera.

Subitamente, os pais dela entraram na sala e nós levantamo-nos imediatamente. Mary levou-nos até eles e ela apresentou-nos: como seu namorado e como pais do seu namorado. Joshua Levy, o seu pai estendeu-nos a mão e indicou-nos que nos sentássemos. Nós obedecemos.

O pai de Mary, era um homem magro, baixo e tinha cabelos grisalhos. Tinha também bigode e barba preta. Seus olhos eram verdes, da cor dos olhos dela. Vestia fato preto, camisa branca e gravata preta. Notava-se que tinha uma forte personalidade, pela forma como se exprimia. Seus lábios eram finos e possuía um forte aperto de mão.

Hannah, a Mãe de Mary, tinha cabelos loiros atados em forma de carrapito no alto da cabeça e era uma mulher mais baixa que o marido. Tinha um pouco de excesso de peso e olhos cinzentos. O seu vestido era em tons de verde-seco.

─ Então a que se deve a vossa visita? ─ Indagou o pai de Mary, fitando-nos fixamente.

─ Bem, Sr. Levy, nós agradecemos-lhe por nos receber. Estamos aqui para pedir a mão de Mary, vossa filha, em nome do nosso filho Jake, para ser sua noiva.

─ Ah, sim?! O que quer dizer com isso?

Entreolhamo-nos uns para os outros, sem compreender a pergunta. Andy, nervoso, afrouxou um pouco o nó da gravata e disse:

─ Perdão, mas não sei se estou a compreender a sua pergunta.

─ Está bem, eu vou reformula-la. O que estou a querer saber é: o que é que vocês pretendem?

─ Paizinho, o Sr. Johnson disse que…

─ Chiuu, Mary! Fique calada. Quero ouvir o que eles têm para dizer! ─ Disse rispidamente Joshua Levy.

Mary, calou-se e obedeceu ao autoritarismo do seu pai, encolhendo-se a um canto no sofá.

─ Continue, Sr. Johnson. Estava a dizer…

─ Sim, bem… O que estava a dizer era o seguinte: o nosso filho e Mary, conheceram-se e apaixonaram-se. Amam-se verdadeiramente. Jake quer casar com a vossa filha e…

─ Muito bem ─ disse Joshua interrompendo novamente. ─ Quer casar com Mary. O que faz na vida, rapaz? Trabalha, estuda?

─ Bem, Sr. Levy, por enquanto estudo e pratico desporto…

─ Estou a ver… Tenciona ir para a universidade?

Olhei para os meus Pais e para Mary, não me tinha candidatado a nenhuma universidade ainda. O meu sonho era ser surfista, percorrer e conhecer o mundo em cima de uma prancha de surf e para isso, não era necessário estudar, nem fazer um curso universitário. Era jovem e não costumava pensar muito no futuro, nem fazer planos para daí a 20 anos. Não. Entretanto, conheci Mary e tudo mudou. Ela sim era agora o meu maior sonho e o surf, apesar de ser importante, já não o era tanto assim. Mary, era a minha prioridade. O surf seria o meu hobby. Foi desta forma que lhe respondi baixando os olhos e depois acrescentei o seguinte:

─ Senhor Levi, tenho as melhores intenções para com a Mary.

─ De boas intensões está o inferno cheio, ─ disse Joshua Levy ironicamente, interrompendo.

Mas, eu continuei o que estava a dizer:

─ Pretendo arranjar um trabalho honesto e assim que tivermos juntado algum dinheiro, casamos. Eu amo-a verdadeiramente.

As mulheres permaneciam caladas, Mary estava nervosa e ansiosa. Queria ajudar-me, mas sempre que tentava o Pai olhava-a com repreensão e severidade, de modo que ela calava-se sem ter grande opção de escolha.

─ Pois, estou a ver… e em que área pretende trabalhar?

─ Pretendo trabalhar com o meu Pai, ele é shaper.

Shaper?! O que é isso?

─ Faço pranchas de surf e vendo-as aos praticantes da modalidade ─ respondeu Andy com entusiasmado e com um sorriso sincero, ─ O surf está a crescer a olhos vistos!

Joshua Levy, sorriu também mas demonstrou um certo sarcasmo e cinismo.

─ Enfim… e quanto a religião? Segue alguma?! ─ Perguntou dirigindo-se a mim.

Então, antes que respondesse, Mary correu em meu socorro e disse:

─ Jake, quer converter-se ao judaísmo, Paizinho. Quer seguir os nossos costumes e estudar…

─ Isso é verdade?! ─ Interrogou-me Joshua Levy, pelo que respondi afirmativamente baixando a cabeça, mostrando humildade e respeito.

─ Ora bem… Temos aqui dois sonhadores, irrealistas e românticos! Dois homens adultos que acreditam que para se viver, basta construir uma cabana e amar! Já viste, Hannah?! Mas a vida é dura, ninguém consegue viver dos seus sonhos e do amor. Isso é pura fantasia! O amor não enche a barriga a ninguém, não sacia a fome, a sede e nem paga as despesas todos os meses. Cresça e apareça, rapaz e então, talvez nessa altura eu e a minha esposa lhe cedamos a mão de nossa filha!

─ Desculpe, Senhor mas…

─ Mas o quê, rapaz? O que mais tem para me dizer?! Nada! Jones, acompanhe estas pessoas à porta.

─ Pai, por favor… Jake, amo-te, não vás… ─ Tentou Mary intervir, balbuciando em lágrimas.

─ Comporte-se menina, tenha maneiras ─ ralhou-lhe a Mãe.

─ Sim, Senhor ─ disse o mordomo obediente. ─ Por favor, tenham a amabilidade de me acompanhar à porta.

─ Não, obrigado. Nós sabemos o caminho. Vamos, ─ disse Andy para nós.

─ Eu vou, mas volto! ─ Disse olhando firmemente para os seus pais. ─ Voltarei para te buscar, Mary. Espera-me. ─ E ao sair, vi Nathaniel Stein descer as escadas com ar triunfante.

CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO...
(Próximo Capítulo a Publicar: Domingo, dia 20 de Outubro de 2013)
 

10 comentários :

  1. Oi Cris!
    Coitado do Jake :(
    O pai da Mary é muito bravo.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  2. Passando e conferindo... ótima história. Um abraço!

    ResponderEliminar
  3. Olá amiga querida, muitas saudades de ti, peço desculpas por não dar noticias, espero que estejas bem, estava um pouco fora de orbita e aos poucos me achando novamente. Logo venho até aqui ler o que ja perdi desta linda historia.
    Beijos e uma linda semana.

    ResponderEliminar
  4. Olá querida. Espero que gostes do meu pequeno cantinho- Fashion Gets Fierce.
    Muitas surpresas estão a ser preparadas por isso mete um like na página oficial do blogue: https://www.facebook.com/fashiongetsfierce e segue-o também via blogger e prometo-te que assim não vais perder nadinha!!


    With love, Inês de Castro
    http://fashiongetsfierceblog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Olá ! Vim retribuir a sua visita !
    Curti sua page no face e estou divulgando o seu blog nesse link:
    http://maosecrets.blogspot.com.br/2013/11/links-parceiros-os-melhores-blogs-da.html
    Abraços !

    ResponderEliminar
  6. Olá ! Estou passando para falar que eu tenho um selo para você !
    É só pegar nesse link: http://maosecrets.blogspot.com.br/2013/11/links-parceiros-os-melhores-blogs-da.html
    Tenha um bom dia !

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde

    Independentemente do texto que está fantástico, venho desejar um NATAL muito feliz, cheio de Paz, Saúde, felicidade e boa harmonia
    Que o Amor esteja sempre presente em seu coração
    Os meus votos são extensivos à família e amigos.

    Deixo abraço
    ******************************************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Vim convidá-los para participar do cantinho que fiz para divulgação de blogs!
    http://santaclaraartesanato.blogspot.com.br/p/divulgue-seu-blog-aqui.html

    ResponderEliminar
  9. Cris,

    Em visita ao seu blog, pude constatar sinceridade naquilo que você julga ser a verdade da existência humana, tomando como base a doutrina da reencarnação.

    É possível querer crer naquilo que se adapte ao nosso modo de viver, pois o homem é livre para decidir e escolher seu caminho e até inventar um que mais lhe convém. Entretanto, só existe uma verdade, que é: Jesus Cristo veio ao mundo para pagar o preço do resgate da condenação eterna de toda humanidade decaída. E ao homem está destinado morrer uma só vez e depois disso segue-se o juízo eterno para prestação de contas.

    Quanto as nuvens ilusórias que militam contra a verdade do Evangelho de Cristo, devemos nos desvencilhar das mesmas, porquanto o inimigo de Deus e arqui inimigo da raça humana, que também é o Pai da mentira, a saber, Satanás; ruge como leão, procurando a quem possa tragar.

    Portanto, não vale a pena fazer uma adaptação forçada das verdades do Criador para atender as nossas vaidades e pecados pessoais, que fatalmente nos conduzirá ao tormento eterno em detrimento de uma eternidade de paz e gozo com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

    ASSISTA O VÍDEO ABAIXO E REFLITA...

    ALERTA AOS QUE DUVIDAM DE QUE:
    SÓ EM JESUS HÁ SALVAÇÃO


    Carinhosamente em Cristo,
    JC de Araújo Jorge

    ResponderEliminar
  10. Boa noite Cris Henriques, deixo em anexo a nomeação que fiz ao seu blogue. Espero que leia e responda.

    http://jpina9.blogspot.nl/2015/01/tag-liebster-award.html

    Com os melhores cumprimentos
    José Pina

    ResponderEliminar

Olá e sê bem-vindo(a)!!

Este é o meu novo blog/livro. Comenta a história de Jake e Mary, dando-me a tua opinião. Ela é muito importante para mim.
Obrigada pela tua visita e volta sempre que queiras!
É muito bom ter-te aqui.

Abraços,

Cris Henriques

P. S. - Se tiveres um blog, se fores novo(a) por aqui e não nos conhecermos, deixa-me o link para que eu possa retribuir-te com a minha visita.

Tradutor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...